Especiais Apoio

Cooperativa de reciclagem produz máscaras para doação no Itaim Paulista

Objetivo é ajudar no combate ao coronavírus em hospitais, comunidades e casas de recuperação da região, além de gerar trabalho e renda para colaboradores afetados com quarentena. Arrecadação online para confecção já atingiu R$ 355; meta é R$ 50 mil

24/04/2020 13h30 Atualizada há 6 meses
Por: Pedra Pequena
Confecção das máscaras | Divulgação/Cooperativa Fênix Ágape
Confecção das máscaras | Divulgação/Cooperativa Fênix Ágape

Com a recomendação do uso de máscaras pelos órgãos de saúde como medida de proteção ao novo coronavírus (Covid-19), cresce o número de pessoas em busca do adereço, seja nas versões caseiras ou confeccionadas pela indústria. Com o aumento nas vendas, o acessório começa a ficar mais caro e a faltar nas lojas. Com o desejo de ajudar quem não pode comprar o item, uma cooperativa de reciclagem no Itaim Paulista criou uma "vaquinha" online e está confeccionando máscaras para serem doadas para hospitais, comunidades e casas de recuperação da região. Projeto social também busca ajudar na geração de trabalho e renda.

Segundo Francisca Rabelo, 47 anos, presidente da Cooperativa Fênix Ágape, a ideia de incluir a confecção no trabalho da cooperativa começou no ano passado. "Eu e minhas colegas fizemos um curso de capacitação e resolvemos também a fazer uniformes", diz. "Só que, antes de fazermos nosso primeiro pedido, com a pandemia, as pessoas não precisaram mais e começamos a fazer máscaras voluntariamente a pedido de um hospital".

Após produzir as máscaras, Francisca Rabelo, percebendo que havia sobrado alguns materiais na cooperativa, resolveu confeccionar mais unidades. "Mas faltava TNT, linha e elástico. Então criei uma 'vaquinha' para arrecadar material e ajudar as costureiras".

Ao todo, 12 mulheres trabalham na confecção das máscaras, além de cinco homens que auxiliam na produção. "A princípio começamos como voluntários, mas nem todo mundo podia trabalhar assim", afirma a presidente, dizendo que, além de doar, vai começar também vender as máscaras para ajudar na renda das costureiras, afetadas pela quarentena.

Costureiras do projeto | Divulgação/Cooperativa Fênix Ágape

Efeito do isolamento social

A quarentena provocada pelo isolamento social afetou diretamente o trabalho de reciclagem - principal fonte de renda da cooperativa. "Não estamos coletando, apenas separando o material que já temos. A cooperativa está trabalhando bem reduzida", afirma a presidente.

"Nós ficamos sem saber o que fazer. A maioria dos catadores são mulheres de idade e mães de família" afirma. "Estamos vivendo de doação, como cestas básicas."

Além de doar parte da produção, Francisca Rabelo afirma que a venda de algumas unidades ajudará os colaboradores. "Queremos ter uma produção para atender não só as costureiras, mas os cooperados que não estão podendo trabalhar agora", diz.

Corte manual das máscaras | Divulgação/Cooperativa Fênix Ágape

A arrecadação

Com R$ 355 já arrecadados, a meta da cooperativa é conseguir R$ 50 mil para custear a compra de uma máquina de corte e a produção de 10 mil máscaras, que inclui materiais e pagamento de costureiras. "Mas a 'vaquinha' está bem devagar. O dinheiro que entra é pouco para darmos sequência ao trabalho", afirma a presidente, dizendo que está produzindo com materiais doados por amigos.

"A esperança é que a gente consiga dinheiro para mão de obra, que é geração de renda para as costureiras", diz.

Doação de máscaras

A cooperativa fará mutirão para doar as máscaras produzidas. "Vamos entregar para a nossa comunidade. Junto dessa máscara, vai um lembrete de que a pessoa está ganhando, mas que ela também pode comprar mais algumas com a gente para darmos sequência no trabalho", afirma Francisca Rabelo.

Além disso, uma parceria feita com dez pizzarias da região permitirá que 1 mil máscaras confeccionadas sejam distribuídas junto com os alimentos neste final de semana.

"Já doamos mais de 500 máscaras e nosso objetivo é alcançar os 10 mil", diz. 

Alguns modelos produzidos | Divulgação/Cooperativa Fênix Ágape

Como ajudar

Quem quiser contribuir com a "vaquinha", poderá doar qualquer valor em dinheiro através deste link.

Além disso, Francisca Rabelo afirma que a cooperativa está recebendo doação de materiais para confecção das máscaras e procurando empresas para comprar tecido TNT branco. "Não estamos encontrando, e está muito caro", afirma.

"Estamos vivendo no limite, sem saber o que fazer. Eu não posso parar, sendo que as pessoas estão precisando", diz.

Mais informações sobre a compra de máscaras ou doação de materiais podem ser obtidas nos telefones (11) 95130-9733 e (11) 2156-3396.

"A partir da doação, esperamos que a comunidade nos apoie comprando. Se todo mundo fizer alguma coisa já vai estar ajudando", finaliza.

Ouça o podcast:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 10h11 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 25°

23° Sensação
9 km/h Vento
61% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias